logo

Aliança Francesa realiza Festival da Canção Francesa em Aracaju

O Festival da Canção Francesa realizado na noite do último domingo, dia 21 de outubro, em Aracaju, representou um grande marco na história da língua francesa em Sergipe, pois o evento visa à difusão da cultura através das belas músicas francesas que foram interpretadas por alunos, ex-alunos e amantes do francês. Trata-se da 11ª edição de um evento nacional com etapas regionais, que, no Nordeste, ocorreu pela primeira vez em Aracaju, no Centro de Criatividade, que encontra-se em ótimas condições graças à restauração realizada pelo Governo do Estado. Cerca de 800 pessoas puderam apreciar o evento na bela Concha Acústica, cuja iluminação fez alusão às cores da bandeira da França nos tons azul e vermelho.

Durante a primeira etapa de seleção, a Aliança Francesa recebeu 43 inscrições, das quais 12 seguiram para a etapa regional, com candidatos majoritariamente sergipanos. Os arranjos musicais dos candidatos foram elaborados pela Orquestra Sinfônica da UFS, que, sob regência do maestro Felipe Harder, acompanhou e proporcionou um charme às fantásticas interpretações das músicas francesas por todos os candidatos. No início do Festival, a Orquestra Sinfônica da UFS prestou uma bela homenagem ao artista do século, Charles Aznavour, com a realização de um tributo baseado em suas principais músicas, dentre as 800 que ele cantou em vários idiomas. O Festival homenageou ainda o cartunista Cândido de Faria, natural de Laranjeiras, que se notabilizou na França graças à elaboração de diversos cartazes editados pela Fundação Pathé de Paris, cujo cartaz oficial do Festival foi inspirado em uma de suas produções: o “Moulin Rouge”.

Para a realização do Festival em Aracaju, a Aliança Francesa teve inicialmente o apoio da FUNCAJU, que abraçou a ideia e juntos se agregaram a outros parceiros tais como SECULT, SEBRAE, UFS, Instituto Banese, Óticas Santana, SEGRASE, DESO bem como a Fundação Aperipê, que, através da sua TV, fez a gravação do Festival e realizará, como evento do final do ano, um documentário sobre o Festival.

A condução do evento foi abrilhantada pelo coordenador pedagógico Bruno Guimarães e pela professora Rebeca Porto, que, juntos, tiveram o prazer de anunciar a grande vencedora da noite, Amora Valente, que interpretou a música “Ne me quitte pas” e participará da grande final do festival a ser realizada em São Paulo, no dia 7 de novembro, onde representará a região Nordeste e concorrerá a uma viagem a Paris com direito a levar acompanhante. Ana Galganni, que interpretou a música “Plurielle”, foi a segunda colocada do festival. O terceiro lugar foi entregue ao candidato Everton Mesquita, através da música “La Mer”.

Todos os três primeiros colocados ganharam uma bolsa de estudos na Aliança Francesa de Aracaju. Além disso, um quarto prêmio foi atribuído à candidata Barbara Sandes, que interpretou “La vie en rose” e foi a ganhadora do júri popular, cuja votação foi realizada pelo público através da internet.

O Festival teve entrada franca e realçou a inclusão da comunidade local, dos bairros Getúlio Vargas e Cirurgia, que, junto a todo o público presente, pôde concorrer ao sorteio de camisas alusivas ao Festival e a bolsas de estudos dos Cursos de Francês e de Ateliês Temáticos que iniciarão no próximo dia 24 de outubro, cujas informações encontram-se em nosso site.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

×
Olá!
Como posso ajudar?